Encontre trabalho. Inicialmente, pode ser necessário aceitar “jobs" para escrever sobre assuntos que não são tanto de seu interesse; no entanto, é importante ter a cabeça aberta e estar disposto a aceitar trabalhos que não sejam do campo procurado. No entanto, com o passar do tempo e após aprender sobre mais assuntos, será possível desenvolver sua reputação, permitindo que tenha mais liberdade para escolher os trabalhos que deseja fazer.[20]
A maneira mais prática e rápida para conseguir serviços do tipo é se inscrevendo em sites de trabalhos para freelancers. Existem diversos espalhados pela internet, então você fará seu cadastro, encontrará pessoas oferecendo serviços, poderá se candidatar e se for escolhido irá produzir o conteúdo solicitado, entregará tudo pronto e receberá o valor combinado com o cliente. Eu expliquei tudo em maiores detalhes no artigo sobre Trabalho com Digitação que publiquei aqui recentemente.
É muito, muito bom ganhar seu próprio dinheirinho! E não estamos falando apenas de salário – apesar de ser incrível receber uma grana fixa todo mês. O problema é que quando somos adolescentes, nem sempre podemos e/ou conseguimos trabalhar em algum lugar e, na maioria das vezes, dependemos da ajuda financeira dos nossos pais. Contudo, aquela solução para ganhar uma graninha extra pode estar mais ao seu alcance do que você imagina!
Você deve ter permissão para vender qualquer um dos itens desejados. Jamais venda algo que os seus pais ainda querem ter! Além disso, considere o valor pessoal de um objeto antes de realizar qualquer venda: mesmo que se trate de algo que valha dez R$ 10,00 para outra pessoa, pode ser que ele tenha valor sentimental ou nostálgico, muito mais valioso do que um mero valor monetário.

Alguns sites são especializados no comércio de roupas, acessórios e produtos que você não usa mais. É o caso do famoso enjoei. com.br. Contudo, existem alguns grupos no Facebook formados por pessoas que estão a fim de se desfazer do que não usam mais e ganhar um din-din com isso. O bacana é que as vendas costumam ir bem justamente pelos preços serem menores do que se você comprasse um produto sem uso. Pesquise direitinho, peça a indicação das amigas ou até mesmo crie um álbum de desapegos na sua conta pessoal.


Vale ressaltar que se você for vender dentro da escola ou faculdade, será necessário consultar as regras da entidade para saber se é permitido levar produtos para vender aos colegas, pois muitas escolas não aceitam isso. Dentre os principais doces que você poderá vender, estão os brigadeiros gourmet, trufas, bolo no pote, brownie, cupcakes e muitos outros.
Um último tipo é aquele promovido por marketplaces como ClickBank e Hotmart, nos quais você tem acesso a listas de produtos com vendas comissionadas e você pode, então, dirigir tráfego às páginas daqueles produtos e receber uma comissão (geralmente variando de 20% a 50% do valor do produto) quando a venda é realizada. Como as comissões aqui são mais altas do que nos casos anteriores, influenciadores (isto é, pessoas bastante reconhecidas em seu nicho) geralmente optam por esta forma ou mesmo pela criação e venda de seus próprios produtos ou serviços.
tenho muitas ideias criativas e lucrativas, em diversas áreas, por exemplo na área da construção civil, na área de segurança, na informatica, no esporte (futebol), como resolver problemas em desastre como o vazamento de óleo em alto mar , a mais recente e desastrosa construção da ciclovia no rj, não há necessidade de demolir, solução para diminuir roubo de dinheiro e carro
otimo texto, gostei muito das informações. ganhar dinheiro em casa é realmente muito bom. Eu faço parte de uma ótima oportunidade para quem busca aquela renda extra no final do mês, principalmente agora nesses tempos de crise. A empresa é séria, funciona desde 1998 e dá todo o suporte necessário para que os seus divulgadores tenham sucesso. Sem dúvida é o melhor sistema de renda extra do Brasil! Acesse: http://dinheiroextrasemcrise.blogspot.com.br/2017/03/renda-extra-sem-crise-na-fr-promotora.html

Dê aulas particulares. Muitas famílias preferem a flexibilidade de aulas particulares online; dependendo de suas capacidades, pode ser uma simples ajuda para crianças com a lição de casa, ou reforço a nível de ensino superior. É preciso ter internet de alta velocidade e computador próprio. O nível de experiência varia de acordo com as empresas contratantes; algumas exigem muita experiência, enquanto outras dão preferência à formação na área da educação. No entanto, todas elas demandam algum tipo de formação superior.

Venda fotografias. Se você tem uma boa câmera e sabe como compor uma cena, experimente tirar fotos e vendê-las para bancos de imagens. Geralmente, não se faz muito dinheiro com uma venda individual, mas lembre-se de que você também está desenvolvendo uma habilidade bastante útil e um hobby para relaxar. Ainda mais, se investir tempo e prática nesse ofício, você talvez consiga fazer uma boa soma de dinheiro.[7]


É muito, muito bom ganhar seu próprio dinheirinho! E não estamos falando apenas de salário – apesar de ser incrível receber uma grana fixa todo mês. O problema é que quando somos adolescentes, nem sempre podemos e/ou conseguimos trabalhar em algum lugar e, na maioria das vezes, dependemos da ajuda financeira dos nossos pais. Contudo, aquela solução para ganhar uma graninha extra pode estar mais ao seu alcance do que você imagina!


Considerando que, freelancing é um pouco diferente e é por isso que está sendo dito que ‘Freelancing é um negócio sério. Embora exija habilidades de comunicação e um inglês fluente, você pode ter oportunidades incríveis quando tiver a chance de se comunicar com clientes estrangeiros em todo o mundo por meio de redes sociais, sites freelancers ou skype.
Já se perguntou como os músicos que você nunca ouviu falar ou aparelhos eletrônicos que você nunca viu antes, pareciam ser os itens mais vendidos da Amazon? Bem, isto é devido em parte à magia do Marketing de Afiliados. Todos os dias, pessoas como você e eu, são bobardeadas com um monte de informações, o que chamamos marketing de massa desses produtos, em salas de bate-papo, fóruns, artigos e mecanismos de busca. Todos fazem isso com um propósito, um objetivo: comissões.
×